Ao mesmo tempo desejo..

quinta-feira, 2 julho 2009

Filed under: Uncategorized — aomesmotempodesejo @ 10:08 pm
Tags:
warm summer nights, to lie in a hammock, staring at the stars, telling you stories. i want to dip my toes in the water, to dangle my feet off the edge of the dock and sit leaning forward, looking at you, laughing. to huddle around a fire on the beach, salt water drying into my hair, reading from that book you always carry. i want to sit next to you on a log and sleep next to you in a tent. i want to wake up early and make pancakes over a fire, to wash the dishes in the river while we swim. to build sandcastles and castles-in-the-air. i want to drive home with my bare feet on the dashboard, the windows down, my hair whipped in every direction from the wind rushing through open windows. i want to hear your voice shouting the lyrics to the songs on the radio that you don’t know the words to. i want to be able to look at you and smile and not say a word. to have adventures and passion and to truly live. to truly love.
 

Filed under: Dreams — aomesmotempodesejo @ 10:05 pm
Tags:

2I0YDZ~1

 

terça-feira, 30 junho 2009

Filed under: Poemas, poesias e afins.. — aomesmotempodesejo @ 3:48 pm
Tags: ,

Te proponho um amor incomum. Um amor de noites quentes, mesmo que frias. Um amor inspirado de poesia, fotografia e musica. Um amor de discussões violentas e pazes ardente. Te proponho vivamos mais dias de sol e noites enluaradas. Que escutemos o barulho do mar batendo na praia nas noites e acordemos cedo com os pássaros, só pra agradecer ao sol e voltar a dormir. Te proponho que assistamos mais filmes, leiamos mais livros e travemos mais debates “meio intelectuais, meio de esquerda”. Que comamos mais calorias e façamos mais esportes.

Te proponho o que der na telha.Te proponho que nos critiquemos sem piedade, e nos apoiemos em todos os momentos. Que tenhamos coragem de deixar de ser egoistas e medrosos. Te proponho viver com carinho. Te proponho viver como se fosse pra sempre, por que a gente corre o risco que seja. Mas nem por isso adiar nada. Te proponho que não nos arrependamos do que arriscamos até aqui, e se chegamos até aqui, que valha a pena o que está por vir. Te proponho que vivamos a vida, sabendo que ela acaba e nossa paralisia frente ao medo só nos tem feito perder o pouco tempo que resta.Te proponho vivamos com menos medo do futuro ou do fim, pra que se um dia ele chegar, tenhamos nos dado a chance de ser felizes e não fiquemos tristes por não ter vivido o que queriamos.

 

In love. sexta-feira, 20 fevereiro 2009

Filed under: Dreams — aomesmotempodesejo @ 7:27 pm
Tags:

O sonho não acabou! Sim, e continua mudando, regenerando e se contorcendo por entre mentes ociosas cheias de idéias mirabolantes.

O show já começa com uma surpresa : um fusca entra em cena onde os artistas fazem movimentos ao nosso ver impossíveis de fazer. As paredes trocam de cor, artistas decolam atrás do público e aterrisam no cenário; como se fossem pássaros voando acima de nossas cabeças. É impressionante como os artistas conseguem prender nossa atenção durante o show. Há tanta coisa para observar, que tenho certeza que perdi algum detalhe. Tudo é tão magnífico que ficamos cantarolando as lindas músicas dos Beatles e nos deliciando com as performances inacreditáveis dos artistas do circo mais famosos do mundo. Um fundo falso faz com que artistas somem e aparecem a um piscar de olhos, duas rampas servem para sustentar um tráfego imenso de patinadores que decolam do chão. Muitos saltos, dança e ação de tirar o fôlego são vistas no show The Beatles Love, sempre regado a muito rock’n roll dos garotos de Liverpool.   

 

 

 
 

 

 

sábado, 3 janeiro 2009

Filed under: Poemas, poesias e afins.. — aomesmotempodesejo @ 9:10 am
Tags:

6a00d83451946d69e200e54fa97f5c8833-640wi

 

sexta-feira, 2 janeiro 2009

Filed under: Dreams,Poemas, poesias e afins.. — aomesmotempodesejo @ 3:56 pm
Tags: ,

“Sou apenas um caminhante
Que perdeu o medo de se perder
Estou seguro de que sou imperfeito
Podem me chamar de louco
Podem zomba das minhas idéias
Não importa!
O que importa é que sou um caminhante
Que vende sonhos para os passantes
Não tenho nada, mas tenho tudo
Sou apenas um caminhante
À procura de mim mesmo.”

 

O vendedor de sonhos – Augusto Cury
p.s.: fim do primeiro volume.

st20m2

 

quarta-feira, 31 dezembro 2008

Filed under: Uncategorized — aomesmotempodesejo @ 11:59 pm
Tags: , , , ,
 metas
nossa bela e admiravel wishlist do ex-2007.  alguns pontos continuam pendentes.  mas a esperança é a ultima que morre, pelo menos por enquanto.